Mais uma para a conta do Team Black Falcon

M

11354823814_15f2bc0e52_o

RIO DE JANEIRO – O Team Black Falcon é um dos mais vitoriosos em provas de Endurance neste ano de 2013. Campeões em Dubai e em Nürburgring, os alemães ganharam mais uma para a conta: o trio formado por Jeroen Bleekemolen/Khaled Al Qubaisi/Bernd Schneider venceu nesta sexta-feira mais uma edição das 12h de Abu Dhabi, realizadas no circuito de Yas Marina, nos Emirados Árabes Unidos.

Vinte e um carros deram a largada hoje para a corrida, disputada em duas séries de seis horas, com um intervalo de três horas entre um trecho e outro, para reparos. Na primeira parte, quem levou a melhor foi a Ferrari F458 número #1 da atual campeã das 12h de Abu Dhabi, a AF Corse. Steve Wyatt/Michele Rugolo/Marco Cioci fecharam a primeira bateria com vantagem de 53 segundos sobre o trio da “Merça” número #3.

O Bentley Continental GT3 da equipe M-Sport fez ótima prova na primeira parte da corrida e chegou em terceiro, seguido da Ferrari #11 da Kessel Racing, tripulada por Daniel Zampieri, Michael Bronizsewski e pelo brasileiro Cesar Ramos.

Na classe GTX, o Ginetta G50 da Nova Race, capitaneado pelo italiano Matteo Cressoni, conseguiu fechar as primeiras seis horas no top 10, melhor que qualquer um dos Wolf GB08 inscritos – o mais bem-colocado deles terminou em 15º lugar.

Para a segunda fase da disputa, 19 carros alinharam. Não largaram o #97 da BF Motorsport e a Ferrari F458 GT3 #8 da Dragon Racing. E mais outros competidores ficariam pelo caminho.

Com uma resistência insuspeita, a “Merça” sobressaiu-se diante da Ferrari da AF Corse e liderou toda a segunda parte das 12h de Dubai sem ser incomodada em momento algum. Schneider/Bleekemolen/Al Qubaisi venceram com um minuto e 42 segundos de vantagem sobre Wyatt/Cioci/Rugolo.

11349066843_2a96fb8804_c

A Ferrari #11 da Kessel reverteu a vantagem inicial do Bentley Continental da M-Sport e assim o trio formado por Zampieri, Bronizsewski e Cesar Ramos conquistou o pódio geral com o 3º lugar, deixando Guy Smith, Steven Kane e Andy Meyrick com a quarta colocação.

Com um McLaren MP4-12C GT3, Michael Wainwright/Rob Bell/Adam Carroll mantiveram a quinta posição que já tinham conquistado na primeira parte da disputa, cabendo o sexto posto a Eric Dermont/Franck Perera/Grégory Gulivert, com o Porsche da Pro GT by Almeras.

11350739333_16d23d2f9a_c

A Nova Race confirmou ao fim da disputa o 10º lugar geral e a vitória na divisão GX, com o carro guiado por Matteo Cressoni/Tommy Lindroth/Tiziano Cappelletti/Giampiero Cristoni, seguido pelo #92 da Optimum Motorsport e o #90 da Nova Race. Todos Ginetta G50 GT4. Nenhuma alteração também entre os protótipos CN, com o Wolf GB08 #95 da Avelon Formula recebendo a quadriculada em 15º lugar, sessenta e oito voltas atrasado em relação aos vencedores.

O resultado final das 12h de Abu Dhabi:

1º #3 Jeroen Bleekemolen/Khaled Al Qubaisi/Bernd Schneider
Team Abu Dhabi by Black Falcon Mercedes SLS AMG GT3
308 voltas

2º #1 Marco Cioci/Steve Wyatt/Michele Rugolo
AF Corse Ferrari F458 Italia GT3
a 1’41″985

3º #11 Daniel Zampieri/Michael Bronizsewski/Cesar Ramos
Kessel Racing Ferrari F458 Italia GT3
307 voltas

4º #7 Guy Smith/Andy Meyrick/Steven Kane
Team M-Sport Bentley Continental GT3
306 voltas

5º #9 Michael Wainwright/Adam Carroll/Rob Bell
Gulf Racing UK McLaren MP4-12C GT3
305 voltas

6º #34 Franck Perera/Eric Dermont/Grégory Gulivert
Pro GT by Almeras Porsche 911 (997) GT3-R
301 voltas

7º #69 Stuart Hall/Fréderic Fatien/Roald Goethe
Gulf Racing UK Lamborghini Gallardo LP600+ GT3
295 voltas

8º #44 Daniel Allemann/Ralf Böhn/Ilya Melknov
MRS-GT Racing Porsche 911 (997) GT3 Cup
293 voltas

9º #15 Aleksandr Skyrabin/Alessandro Pier Guidi/Matteo Bobbi
Kessel Racing/Slam Stop Motorsport Ferrari F458 GT3
277 voltas

10º #91 Giampiero Cristoni/Matteo Cressoni/Tiziano Cappelletti/Tommy Lindroth
Nova Race Ginetta G50 GT4 GTX
277 voltas

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

  • Pra variar né ? Quando se tem Bernd Schneider no carro aí agrega muito a equipe. E ainda por cima você tem o Jeroen Bleekemolen que é muito rápido em qualquer carro que anda. Pra fechar tudo, o DESbalanço de Performance esse ano foi todo em prol das Mercedes que a gente viu que tem uma força muito grande mundialmente falando fazendo a FIA punir até a Ferrari na F1 pra favorecer a Mercedes. De positivo, o Bentley terminou sua primeira corrida o que é sempre bom pra poder desenvolver mais o carro.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames