Quem é quem – Mundial de Endurance 2014: equipes LMGTE-AM

Q

RIO DE JANEIRO – Está dada a largada para mais um “Quem é Quem” apresentando as equipes e os pilotos do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), que começa no próximo dia 20 com as 6 Horas de Silverstone. Vamos começar com a segunda subclasse de Grã-Turismo, a LMGTE-AM.

O regulamento desportivo prevê a participação de pelo menos um piloto com graduação ouro ou platina ao lado de dois pilotos com graduação prata e/ou bronze. Na parte técnica, os carros desta subdivisão têm que ser homologados até 2013, o que impediu, por exemplo, a participação do Corvette C7-R, que estreou somente neste ano.

Vamos às equipes participantes da classe LMGTE-AM:

RAM RACING
Sede: Silverstone, Northamptonshire (Grã-Bretanha)
Chefe de equipe: Dan Shufflebottom
Diretor técnico: Mark Schomann
Carro: Ferrari F458 Italia
Motor: Ferrari F142 4,5 litros V8
Transmissão: Hewland sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin

4d5a9199

Após o título no European Le Mans Series, a RAM Racing, equipe que já esteve na Fórmula 1 nos anos 70/80, chega ao WEC com dois carros – força máxima na competição. Uma das Ferrari do time com sede em Silverstone vem para a LMGTE-AM com um trio de pilotos formado pelo britânico Johnny Mowlem, de 45 anos, pelo também britânico Ben Collins – o antigo The Stig na série de TV “Top Gear”, do canal BBC, de 39 anos e o estadunidense Mark Patterson, o mais velho entre os participantes da prova de estreia do WEC em 2014, com 62 anos.

AF CORSE
Sede: Piacenza, Itália
Chefe de equipe: Amato Ferrari
Diretor técnico: Luigi Urbinelli
Carro: Ferrari F458 Italia
Motor: Ferrari F142 4,5 litros V8
Transmissão: Hewland sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin

4d5a9060

Concorrente tradicional do FIA WEC, a AF Corse volta à carga com seu múltiplo empenho na competição, alinhando dois carros na classe LMGTE-AM como também prestando assistência ao time de Enzo Potolicchio, que também anda com Ferrari nesta temporada. O time tem novidades no âmbito da escalação dos pilotos. O carro #61 terá o argentino Luis Perez-Companc, de 42 anos, que vinha disputando a LMP2 com um protótipo Oreca 03, ao lado dos italianos Mirko Venturi, de 32 anos e Marco Cioci, de 38.

No carro #81, sangue novo: o britânico Sam Bird, oriundo da GP2 Series, faz sua estreia neste ano. O piloto de 27 anos terá como colegas de pilotagem o australiano Steve Wyatt, que também debuta no FIA WEC e o italiano Michele Rugolo, de 31 anos.

PROSPEED COMPETITON
Sede: Gräce-Hollogne, Bélgica
Chefe de equipe: Rudi Penders
Diretor técnico: Luc Goris
Carro: Porsche 911 (997) GT3 RSR
Motor: Porsche 4 litros Flat 6
Transmissão: Porsche sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin

4d5a8922

Um reforço bem-vindo ao FIA WEC: a equipe belga Prospeed Competition, com sede em Gräce-Hollogne, se empenha para um ano de estreia digno no Mundial com um Porsche 911 spec 997. Para isso, o time dirigido por Rudi Penders e que conta com o experiente técnico Luc Goris como seu elemento-chave nos bastidores, traz o veterano Emmanuel Collard, piloto francês de 43 anos, para correr ao lado de outros dois representantes da Terra da Bastilha: o gentlemen driver François Perrodo, 37 anos e Matthieu Vaxivière, de apenas 19.

PROTON COMPETITION
Sede: Ummendorf, Alemanha
Chefe de equipe: Christian Ried
Diretor técnico: Michael Ried
Carro: Porsche 911 (991) GT3 RSR
Motor: Porsche 4 litros Flat 6
Transmissão: Porsche sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin

4d5a9356 (1)

Outra familiar concorrente do FIA WEC, a escuderia alemã Proton Competition volta às pistas em 2014 com diversas novidades. A principal delas é na parte técnica: o “novo” 911 (991) GT3 RSR é o mais saudado dos reforços que o time de Ummendorf apresenta para o campeonato que se inicia neste mês. Entre os pilotos, duas caras novas: o austríaco Klaus Bachler, de 22 anos e com pinta de promessa, se junta ao representante dos Emirados Árabes Khaled Al Qubaisi, 38 anos, nesta campanha do WEC com Christian Ried, 35 anos e também chefe de equipe.

8STAR MOTORSPORTS
Sede: Pompano Beach, Flórida (EUA)
Chefe de equipe: Enzo Potolicchio
Diretor técnico: Jacopo Fedele
Carro: Ferrari F458 Italia
Motor: Ferrari F142 4,5 litros V8
Transmissão: Hewland sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin

4d5a8575 (1)

Após enfrentar alguns dissabores com relação à interpretação das regras desportivas no Mundial de Endurance do ano passado, a 8Star Motorsports está de volta com ânimo renovado para a temporada 2014. Com problemas de perda de patrocínio, o venezuelano Enzo Potolicchio – piloto e chefe de equipe – trabalhará com dois novos pilotos, que completaram o orçamento, ambos italianos e que vêm da Proton Competition, pela qual competiram em 2012 e 2013: Gianluca Roda, de 54 anos e Paolo Ruberti, de 38 anos.

ASTON MARTIN RACING
Sede: Banbury, Oxfordshire (Grã-Bretanha)
Chefe de equipe: John Gaw
Diretor técnico: Dan Sayers
Carro: Aston Martin Vantage GTE
Motor: Aston Martin 4,5 litros V8
Transmissão: Xtrac sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin

4d5a9974

Em 2013, ano do centenário da tradicional marca britânica, a Aston Martin Racing entrou com tudo no FIA WEC para ser campeã das duas subdivisões de Grã-Turismo. Graças a algumas brechas de regulamento, o Vantage V8 foi o carro mais competitivo no início do campeonato, mas acabou sucumbindo à Porsche em Le Mans e à Ferrari no fim do campeonato. Como prêmio de consolação, Jamie Campbell-Walter e Stuart Hall levaram o título de pilotos na LMGTE-AM num ano particularmente difícil após a morte de Allan Simonsen em Sarthe.

O time vai com dois carros na primeira etapa: o #95 é 100% dinamarquês, com Nicki Thiim e Kristian Poulsen recebendo o recém-chegado David Heinemeier-Hänsson, ex-integrante da OAK Racing na classe LMP2. O #98 conta com o canadense Paul Dalla Lana, ao lado do experiente português Pedro Lamy e do dinamarquês Christoffer Nygaard.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames