MENU

22 de agosto de 2014 - 18:30Rali

WRC: Rali da Alemanha, dia #1 – desastre para Ogier; caminho livre para Latvala

3659_ogier-on-road-germany-2014_654_944x531

Fora de rumo: Ogier se perdeu na estrada no início da SS6 e a liderança do Rali da Alemanha caiu no colo do rival e companheiro de equipe, Jari-Matti Latvala

RIO DE JANEIRO - O que o finlandês Jari-Matti Latvala mais desejava para poder se aproximar de Sébastien Ogier na briga pelo título do Mundial de Rali (WRC) aconteceu logo no primeiro dia da 9ª etapa do campeonato, o Rali da Alemanha. O campeão mundial e líder da temporada com 187 pontos despistou-se no SS6 (Moselland 2), no km 7 de uma etapa com 21 km de percurso, numa região de vinícolas. O piloto do Polo #1 e o navegador Julien Ingrassia nada sofreram, mas a saída da estrada trouxe sérias consequências para a dupla e, logicamente, influenciou na classificação ao fim do primeiro dia de provas.

Com o acidente, Ogier – que liderava com cerca de cinco segundos e meio de vantagem para Latvala – sofreu uma punição de 10 minutos por não completar o trecho cronometrado dentro do prazo previsto para chegar ao parque fechado em Trier. E acabou fechando as provas com a 35ª colocação geral.

3658_ogier-directed-access-road-germany-2014_543_592x333

Auxílio: Julien Ingrassia, de costas, tenta ajudar Ogier a voltar para a estrada; dupla fechou o primeiro dia em 35º na geral

“Cometi um erro na freada de uma curva cega”, contou o francês. “Mais cedo, freei cedo demais. Desta vez, tarde demais. E por isso saímos da estrada. Tivemos sorte porque o carro não sofreu grandes danos. Uma capotagem teria sido bem mais séria. Perdemos a corrida, nada mais do que isso. Agora é concentrar os esforços para ganhar o máximo possível de pontos no Power Stage“, finalizou Ogier.

O nórdico e seu navegador Mikka Anttila comandam ao fim de seis etapas cronometradas com uma confortável diferença de 37 segundos para o britânico Kris Meeke, da Citroën. O espanhol Dani Sordo, que retornou às trilhas e ao cockpit do Hyundai i20 após várias provas ausente, tirou partido do fato de que o Rali da Alemanha tem vários trechos em asfalto, o que é a especialidade do piloto. Por isso, com o acidente de Ogier ele alcançou a terceira posição – que na verdade ele ocupara por vários momentos ao longo do dia.

Andreas Mikkelsen não está tão longe de Sordo: são três segundos separando o norueguês de uma posição provisória de pódio, cabendo o quinto lugar geral a Thierry Neuville, em outro Hyundai, que teve problemas de superaquecimento ao fim da etapa, no trecho de ligação até Trier. A Ford continua como uma das maiores decepções do ano. Mikko Hirvönen é o sexto colocado e Elfyn Evans vem em sétimo.

Mads Östberg também teve um começo infeliz e o sueco não brilha como noutras provas, ocupando a oitava posição, pouco mais de meio minuto à frente de Bryan Bouffier, o piloto de testes e desenvolvimento da Hyundai. Martin Prokop completa os dez melhores, com boa vantagem para o 11º colocado e com 1min38seg de avanço para Sam Moffett na disputa entre os melhores pilotos não-oficiais da divisão principal.

Para variar, Robert Kubica sofreu mais um acidente. Desta vez, o piloto polaco perdeu-se no SS3 e os danos não foram tão extensos quanto noutras oportunidades. O piloto da M-Sport teve um atraso de cerca de quatro minutos e ao fim do primeiro dia ocupa o 22º lugar geral.

Na divisão WRC2, quem começou em grande foi o português Bernardo Sousa, que abocanhou a liderança ao fim do primeiro dia de provas, com direito ao 13º lugar no agregado dos tempos, duas posições adiante do sueco Pontus Tidemand. Julien Maurin ocupa o terceiro posto, com Nasser Al-Attiyah em quarto e Ött Tanak em quinto – ambos começaram na frente dos rivais, mas com o passar das etapas, ficaram mais e mais para trás.

Classificação do Rali da Alemanha após o 1º dia:

1. Latvala-Anttila (VW Polo WRC) in 59’36”8
2. Meeke-Nagle (Citroen DS3 WRC) a 37”0
3. Sordo-Marti (Hyundai i20 WRC) a 42”6
4. Mikkelsen-Floene (VW Polo WRC) a 45”6
5. Neuville-Gilsoul (Hyundai i20 WRC) a 53”1
6. Hirvonen-Lehtinen (Ford Fiesta RS WRC) a 55”0
7. Evans-Barritt (Ford Fiesta RS WRC) a 1’00”2
8. Ostberg-Andersson (Citroen DS3 WRC) a 1’01”9
9. Bouffier-Panseri (Hyundai i20 WRC) a 1’35”6
10. Prokop-Ernst (Ford Fiesta RS WRC) a 2’07″1

1 comentário

  1. Fabricio disse:

    Esse Robert Duval… ou seria Francois Kubica?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>