MENU

30 de outubro de 2015 - 17:16Mundial de Endurance

6h de Xangai: Audi e Porsche dividem honras na sexta-feira

Líder do WEC em conjunto com Brendon Hartley e Timo Bernhard, Mark Webber foi o mais rápido da sexta-feira em Xangai (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

Líder do WEC em conjunto com Brendon Hartley e Timo Bernhard, Mark Webber foi o mais rápido da sexta-feira em Xangai (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

RIO DE JANEIRO – Rivais desde o início do campeonato do FIA WEC e agora brigando diretamente pelos títulos de pilotos e construtores, Audi e Porsche acirram a disputa da 7ª etapa do Campeonato Mundial de Endurance dividindo as honras da sexta-feira de treinos livres para as 6h de Xangai.

Na sessão matinal de hoje, o alemão Andre Lotterer fez o melhor tempo em 1’45″707, com o brasileiro Lucas Di Grassi em segundo lugar, a pouco mais de seis décimos do companheiro de escuderia. A Porsche ficou em 3º com Mark Webber, mas à tarde o melhor tempo foi do 919 Hybrid conduzido pelo australiano ex-Fórmula 1. O “canguru” cravou 1’45″111, enquanto Neel Jani foi o segundo a 0″240. Logicamente, o 1-2 da Porsche sacramentou os melhores tempos do dia.

Sem conseguir superar a marca do primeiro treino, o melhor Audi ficou a 0″596 do melhor tempo, com Oliver Jarvis cravando a volta mais rápida do carro #8 na sexta-feira. Os Toyota TS040 Hybrid novamente levaram uma sova dos quatrargólicos e dos Fuscões: a margem entre Webber e Mike Conway, o mais rápido do dia com um carro do construtor japonês, chegou a 2″262.

Entre os LMP1 não-oficiais, Alexandre Imperatori fez o melhor tempo no Rebellion R-One #13 e o jovem estreante Mathéo Tuscher, de 18 anos apenas, impressionou pela rápida adaptação ao protótipo do time helvético, virando na casa de 1’52”, pouco atrás de Mathias Beche, o melhor a bordo do carro #12. Pierre Kaffer fez a melhor volta do ByKolles CLM P1/01 AER Biturbo, fechando o pelotão de nove inscritos da divisão principal.

O Oreca 05 Nissan da KCMG foi o mais rápido entre os protótipos LMP2 (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

O Oreca 05 Nissan da KCMG foi o mais rápido entre os protótipos LMP2 (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

Nick Tandy foi o mais rápido do dia no Oreca 05 Nissan da KCMG, entre os inscritos da classe LMP2: o piloto britânico rodou em 1’54″185, exatamente um décimo de segundo abaixo do estreante francês Tom Dillmann, que teve ótimo desempenho no Alpine A450b da Signatech. Ricardo González surpreendeu e fez o terceiro melhor tempo da sexta-feira com o Ligier da G-Drive Racing, seguido pelo Gibson 015S da Strakka guiado por Danny Watts e por Oliver Webb a bordo do Morgan EVO da SARD Morand.

Pipo Derani, que jamais tinha andado anteriormente no traçado de Xangai, usou a sexta-feira para obter referências e aprender a lidar com uma pista que o brasileiro definiu como “técnica”.

“Tenho total confiança na minha equipe, nos meus engenheiros e em todo mundo da G-Drive de que vamos ter um ótimo carro para a corrida. Também foi um dia de adaptação pra mim na pista, que eu não conhecia. Ela é extremamente técnica. Mesmo parecendo bem larga, é bem técnica. Então, foi um dia bem positivo e amanhã temos mais um treino livre para trabalhar no acerto do carro e depois buscar uma boa classificação”, afirmou.

2015-6-Heures-de-Shanghai-Adrenal-Media-ND1-5334_hd

A Ferrari de James Calado bateu a concorrência na divisão LMGTE-PRO (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

Desfalcada do Aston Martin #95, que fez forfait, a classe LMGTE-PRO chega a este momento do campeonato com seis carros e o mais rápido do dia foi a Ferrari #71 da AF Corse, com o britânico James Calado a cravar o tempo de 2’03″028. Toni Vilander ficou a quase um segundo do companheiro de escuderia e Fernando Rees, numa bela volta, foi o terceiro mais rápido do dia em 2’03″995 – tempo obtido na parte da tarde. Fred Makowiecki, Richard Lietz e Jonathan Adam completaram o pelotão.

Na LMGTE-AM, a ordem foi estabelecida pela SMP Racing, que pode ser campeã neste fim de semana: o russo Viktor Shaitar fez a melhor volta em 2’04″527, poucos milésimos de segundo à frente do Corvette C7-R da Larbre Competition, conduzido pelo italiano Paolo Ruberti. O Porsche #77 de Patrick Long foi o terceiro melhor da divisão, seguido pelos dois Aston Martin – o #96 com Stuart Hall e o #98, guiado por Pedro Lamy.

Os pilotos voltam à pista para um último treino livre antes da sessão oficial de classificação, que acontece neste sábado a partir das 3h30 da manhã (horário de Brasília), primeiro com as classes LMGTE e depois com as LMP2. As 6h de Xangai largam à 1h da manhã de sábado para domingo, sempre pelo horário de Brasília.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *