ACO confirma BoP extra para as 24h de Le Mans

A
ah-le-mans-2018-pq-33
A nova BMW M8 GTE terá 10 kg a menos para a corrida. Outros carros da LMGTE-PRO sofreram mudanças para reduzir o abismo de performance em relação a Porsche e Ford, principalmente

RIO DE JANEIRO – Já imaginava que aconteceria – e aconteceu. O Automobile Club de l’Ouest, com a anuência da FIA, publicou nesta sexta-feira um BoP extra na classe LMGTE-PRO e também na LMGTE-AM.

Pela segunda vez na semana, o Aston Martin AMR Vantage GTE é beneficiado por mais uma alteração técnica, ganhando mais pressão de turbo em determinadas faixas de giro e recebendo além de 5 a 7 HP extras, uma diminuição de 10 kg no peso mínimo.

A nova BMW M8 GTE e o Corvette C7-R também têm seu peso reduzido em relação ao último BoP, cabendo aos bávaros um decréscimo de 10 kg, enquanto o bólido ianque de cor amarela perde 5 kg.

Em contrapartida, Ford e Porsche terão acréscimos emn relação à tabela anterior. Pole position e dona da primeira fila da LMGTE-PRO, a Porsche terá 10 kg a mais de peso mínimo para as 24h de Le Mans. Os Ford GT EcoBoost, além da perda de potência estimada em quase 3 HP, terão oito quilos a mais de acordo com o novo boletim.

ah-le-mans-2018-pq-26
Tanto na LMGTE-PRO quanto na LMGTE-AM, os Porsche 911 RSR sofrem acréscimo de 10 kg no peso mínimo em relação ao boletim anterior para as 24h de Le Mans

O único dos modelos 2018 que não sofreu restrições de peso e/ou potência após os treinos classificatórios foi a Ferrari 488 GTE EVO. A capacidade do tanque de combustível do modelo italiano ganhou um litro extra em relação ao já estabelecido.

Mudanças também na LMGTE-AM: os velhos Aston Martin Vantage GTE ganham uma colher de chá do ACO e da FIA, perdendo 10 kg em relação à antiga tabela. Dominante na classe, o Porsche 911 RSR sofreu um break adicional de 10 kg.

E o Fox Sports 2 vai transmitir AO VIVO e com exclusividade as 24h de Le Mans em duas janelas – sábado às 14h (até 18h) e domingo às 8h, até o final. A equipe de transmissão será Hamilton Rodrigues na narração e Rodrigo Mattar junto a Edgard Mello Filho nos comentários.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

2 Comentários

  • Eu tenho a seguinte teoria, Rodrigo: Uma equipe de pilotos com a malícia de um Nelson Piquet, faria tempos abaixo da performance máxima do carro durante todas tomadas de tempo. Isso levaria a uma revisão para cima no BoP desse carro, para então na corrida pisar fundo e levar vantagem sobre a concorrência. O que você acha???

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames