Nasr e AX Racing asseguram pole fundamental para a Petit Le Mans

N

RIO DE JANEIRO – Em sua despedida da Whelen Engineering/AX Racing neste fim de semana e possivelmente rumo ao programa que deve ser confirmado pelo Team Penske no WEC na LMP2 e depois LMDh, representando a Porsche, Felipe Nasr conquistou nesta sexta-feira a pole position para a edição 2021 da Petit Le Mans, em Road Atlanta.

O piloto do carro #31, dividido nesta última etapa com o parceiro Pipo Derani e o britânico Mike Conway, bicampeão do Mundial de Endurance, fez o tempo de 1’08″678, somente 0″015 melhor que o Mazda DPi tripulado por Harry Tincknell, que se despede da categoria. O resultado do treino oficial foi importante para os brasileiros, pois o treino oficial conta pontos extras e Felipe descontou 11 em relação ao quase-xará Filipe Albuquerque, que não foi além da 7ª posição com o Acura ARX-05C DPi da Wayne Taylor Racing.

Com isso, as duplas partem com somente oito pontos de diferença entre eles, restando a corrida final com duração de 10 horas.

Sébastien Bourdais, em sua última prova pela JDC-Miller Motorsports, alcançou a terceira posição do grid, seguido por Kevin Magnussen no #01 da Ganassi, pelo Acura de Dane Cameron – que terá Hélio Castroneves a bordo também – e por Kamui Kobayashi no segundo Cadillac da AX Racing, nas cores da Ally Racing.

Na LMP2, mesmo após uma rodada, Ben Keating levou a pole da categoria com o #52 da PR1/Mathiasen: o texano virou em 1’12″229, pouco mais de três décimos melhor que Steven Thomas no protótipo da WIN Autosport. Dwight Merriman, a bordo do carro “Crayon” da ERA Motorsports, ainda se classificou melhor que John Farano e Jim McGuire, fechando o pelotão de cinco inscritos da classe na corrida final da temporada.

Nicklas Krütten foi o melhor da classificação para os protótipos LMP3, marcando 1’15″664, apenas 0″086 melhor que o sueco Rasmus Lindh, da Performance Tech Motorsports. Essa divisão teve o único treino interrompido por bandeira vermelha, em razão de uma saída de pista do Duqueine guiado por Max Hanratty. que ainda seria o 7º colocado. O carro da WIN Autosport teve uma falha de suspensão e não fez tempo de classificação, assim como o #54 da CORE Autosport.

Líder do campeonato e parceiro do brasileiro Felipe Fraga, Gar Robinson estabeleceu a 5ª marca da sessão com 1’17″595.

Na despedida da divisão GTLM, a BMW – que também aposenta o M8 GTE – fez a última pole do ano no retorno dos bávaros – que se concentraram somente na disputa de Endurance. O #24 guiado por Jesse Krohn, que terá entre os pilotos o brasileiro Augusto Farfus, bateu por nada menos que 0″512 o Porsche #79 da Weathertech Racing guiado por Matt Campbell. O Corvette líder da classificação foi 3º com Antonio Garcia.

A GTD foi a única categoria cujos carros andaram duas vezes no qualifying. A primeira pela posição de grid e a segunda por pontos no campeonato. Nesta, o melhor tempo foi estabelecido pelo Lexus RC-F da Vasser Sullivan conduzido por Jack Hawksworth, na marca de 1’18″843.

Na definição das posições, Madison Snow superou por apenas um milésimo de segundo o tempo do chileno Benjamin Hites, recrutado pela NTE Sports para andar no Audi R8 LMS GT3 EVO do time. O piloto da Paul Miller Racing estabeleceu a melhor volta na sessão disputada apenas pelos pilotos bronze e prata com 1’19″272.

A largada para a edição 2021 da Petit Le Mans será por volta de 12h pelo horário local, 14h pelo horário de Brasília.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames