IMSA: WTR prevalece em dobradinha dos Acura em Laguna Seca

I
Na batalha campal entre os Acura ARX-05C DPi, prevaleceu a Wayne Taylor Racing, vitoriosa pela primeira vez na temporada 2022 da IMSA (Foto: Rick Dole/IMSA)

RIO DE JANEIRO – A Wayne Taylor Racing enfim chegou ao topo do pódio na temporada 2022 do IMSA Weathertech SportsCar Championship. Após duas vitórias consecutivas da Ganassi/Cadillac e uma má performance em Long Beach, os protótipos Acura DPi conseguiram uma superioridade em relação à rival desde os treinos no circuito misto de Laguna Seca, na Califórnia. Dominante em todas as sessões, o carro #10 de Filipe Albuquerque e Ricky Taylor lutou ao longo de 2h40min e 117 voltas percorridas, completando com somente 1″080 de margem para o #60 da Meyer-Shank guiado por Oliver Jarvis e Tom Blomqvist.

O tráfego dos GTD, GTD Pro e LMP2 foi decisivo para que o carro preto levasse vantagem sobre o ‘gêmeo’ em rosa e branco do time de Helio Castroneves na Fórmula Indy. E o único que chegou mais ou menos próximo foi o #31 da Whelen Engineering/AX Racing, em boa performance de Tristan Nunez e Pipo Derani, salvando o dia da Cadillac.

Com a dobradinha dos Acura, por incrível que pareça, as duplas da WTR e da Meyer-Shank estão empatadas na liderança da classificação. Jarvis/Blomqvist e Taylor/Albuquerque têm os mesmos 1325 pontos e uma vitória cada. A diferença é que o resultado do duo do #60 em Sebring foi melhor.

A JDC-Miller conseguiu um importante 4º lugar com Tristan Vautier e Richard Westbrook, que sobem para 3º na tabela. Os antigos líderes do campeonato Earl Bamber e Alex Lynn completaram a disputa em quinto, uma volta atrasados. O grande prejuízo foi dos vencedores do GP de Long Beach: o #01 de Sébastien Bourdais e Renger Van der Zande foi à nocaute após completar apenas uma dezena de giros.

Na LMP2, a Tower Motorsports alcançou o triunfo graças a uma excelente atuação de Louis Déletraz, salvando a corrida do gentleman driver John Farano. O carro #8 completou em 6º na geral e primeiro na classe, com 114 voltas e 23″211 de avanço sobre a Era Motorsports dos novos líderes do campeonato – Ryan Dalziel e Dwight Merriman.

Após uma penalização drive through por deixar as rodas girarem em falso num pit stop, a DragonSpeed foi ao pódio com Henrik Hedman e Juan Pablo Montoya, seguidos pelos dois carros da PR1/Mathiasen que dominaram na sessão de classificação e não foram tão competitivos ao longo da disputa.

A Pfaff Motorsports recuperou o prestígio na GTD Pro e alcançou sua segunda vitória na temporada, deixando Mathieu Jaminet e Matt Campbell 50 pontos à frente de Antonio Garcia e Jordan Taylor: a dupla do #9 ficou em 12º na geral e mais de meio minuto à frente de Jack Hawksworth e Ben Barnicoat, da Vasser Sullivan, após 110 voltas completadas.

Connor de Philippi e John Edwards ‘pescaram’ o último degrau do pódio, porém muito colados no Lexus 2º colocado – a 1″221 para ser mais exato. A Corvette ficou em quarto, com a The Heart of Racing (vencedora da etapa anterior) em quinto e o Mercedes-AMG da Weathertech Racing relegado ao sexto posto depois da performance mediana de Cooper MacNeil.

Na GTD, a Porsche também venceu: deu Wright Motorsports numa atuação excelente de Jan Heylen e Ryan Hardwick. A dupla superou o BMW de Robby Foley/Bill Auberlen a poucos minutos do encerramento e os pilotos do #96 da Turner Motorsport ainda perderiam o 2º lugar para Jeff Westphal/Robert Megennis nos últimos instantes da corrida.

A Paul Miller Racing salvou a quarta posição com Madison Snow e Bryan Sellers, enquanto a Mercedes-AMG do Team Korthoff Motorsports – que era líder do campeonato – ficou com o quinto posto. O carro pole position de Russell Ward e Phillip Ellis sofreu um forte acidente após meia hora de prova e provocou assim a única intervenção do Safety Car ao longo da disputa.

Com a vitória, Heylen/Hardwick assumem a liderança do campeonato somando 985 pontos, trinta à frente de Stevan McAleer, já que Mike Skeen não correu na Califórnia por contrair Covid. Robby Foley/Bill Auberlen estão em 3º com 783. No subcampeonato IMSA Weathertech Sprint Cup, Sellers/Snow lideram com 690 pontos, contra 649 de Hardwick/Heylen e 633 de Auberlen/Foley.

A próxima etapa do IMSA Weathertech SportsCar Championship será em Mid-Ohio, dia 15. Das cinco subclasses, só a GTD Pro fica de fora e a LMP3 regressa para o evento que terá 2h40min de duração.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames