Tag1985

Vídeos históricos – GP de Portugal (1985)

V

RIO DE JANEIRO – Na terça-feira, feriado de Tiradentes, completou-se exatos 35 anos da primeira vitória de Ayrton Senna na Fórmula 1. Como presente aos fãs do tricampeão do mundo, o blog traz a íntegra do GP de Portugal, disputado em 21 de abril de 1985, dia marcado, também, pela tristeza da morte de Tancredo Neves, que fora eleito presidente da república pelo Colégio Eleitoral em janeiro e...

Direto do túnel do tempo (446)

D

RIO DE JANEIRO – O piloto a bordo desta Tyrrell número #4 é um dos aniversariantes da sexta-feira: Ivan Franco Capelli, uma das muitas esperanças italianas que o automobilismo de seu país produziu nos anos 1980, completa hoje 56 anos. Nascido em Milão, o rapaz chegou à Fórmula 1 em 1985, ano em que ainda estava na Fórmula 3000 – que iniciava ali sua caminhada de substituta da Fórmula...

Direto do túnel do tempo (445)

D

RIO DE JANEIRO – Um registro para a história: a foto mostra Alain Prost, Niki Lauda e Ayrton Senna no pódio daquela que foi a última vitória do austríaco, que morreu aos 70 anos na última segunda-feira. Foi no dia 25 de agosto de 1985, no GP da Holanda, em Zandvoort. Lauda, que anunciara sua aposentadoria (daquela vez, definitiva) na ocasião do GP da Áustria, disputado exatamente na semana...

Direto do túnel do tempo (417)

D

RIO DE JANEIRO – Com a devida permissão do querido amigo Alan Magalhães, aí está um dos grandes pilotos brasileiros que não chegou à Fórmula 1, a bordo de um Reynard de Fórmula 3 com motor da sueca Saab. É Maurizio Sandro Sala, que é uma igualmente querida figura do meio do esporte a motor – e que guiava (guia, pois ainda está entre nós) uma barbaridade. Salinha fez toda a base do...

Direto do túnel do tempo (406)

D

RIO DE JANEIRO – Posso já ter repetido o assunto, mas isso às vezes acontece. Especialmente na seção Túnel do Tempo. Pois no fim de semana do retorno da França e do circuito de Paul Ricard ao calendário da Fórmula 1, é impossível não lembrar de 1985. Em sete de julho daquele ano, Nelson Piquet chegava à corrida que seria a sétima etapa do campeonato como o 16º e último colocado da tabela de...

Equipes históricas – Ligier, parte VI

E

RIO DE JANEIRO – Duas grandes novidades marcaram o início da preparação da Ligier para a temporada 1985 do Mundial de Fórmula 1. A primeira, de ordem técnica: com a saída da Michelin, tradicional fornecedor francês de pneus, o velho Guy Ligier teve que se socorrer de um novo fornecedor e arriscou. Assinou com a Pirelli, que também supriria a Brabham e outros times de menor porte naquele ano...

Direto do túnel do tempo (287)

D

RIO DE JANEIRO – O blog já lhe prestou as devidas homenagens aqui. Mas não custa nada lembrar de Stefan Bellof hoje, dia 1º de setembro. Principalmente porque hoje chegamos a 30 anos inteiros de sua trágica morte, nos 1000 km de Spa, prova válida pelo World SportsCar Championship (WSC), em que o piloto alemão bateu na curva Eau Rouge com o Porsche de Jacky Ickx. O acidente interrompeu a...

Outsiders: Manfred Winkelhock, o faz-tudo do automobilismo alemão

O

RIO DE JANEIRO – Há 30 anos, num dia 11 de agosto, no circuito canadense de Mosport Park, lá foi um alemão então com 33 anos cumprir o seu dever de pilotar um carro de competição – o que fazia com muito prazer. Mas quis o destino que, naquela data, Manfred Winkelhock tivesse um acidente que ceifou prematuramente sua carreira no automobilismo. Nascido em 1951 na cidade de Waiblingen...

Direto do túnel do tempo (280)

D

RIO DE JANEIRO – BUMMMMMMM! Fumaça na pista, motor quebrado. Bons tempos em que os motores turbo tinham pavio curto. Na foto que ilustra este post, Pier Carlo Ghinzani, a bordo da Toleman Hart TG185 decorada com o patrocínio da Benetton (a confecção italiana estava a ponto de adquirir a equipe integralmente), vê seu carro deixar o GP da África do Sul de 1985 em meio a uma densa nuvem no fim...

Há 30 anos…

H

RIO DE JANEIRO – Dia 7 de julho. Em 1985, há 30 anos, o mundo do automobilismo assistia à última vitória de uma equipe que marcou história na Fórmula 1: a Brabham. Naquele dia de alto verão na Europa, Nelson Piquet, no peito e na raça, conquistou o 35º triunfo do time fundado por Jack Brabham, um dos mais bem-sucedidos pilotos da história e o único – até hoje – campeão a bordo...

Equipes históricas – Tyrrell, parte XVII

E

RIO DE JANEIRO – Desfeito o mal-entendido decorrente da falcatrua de 1984, quando a FIA eliminou a equipe do Campeonato Mundial de Fórmula 1, a Tyrrell regressou para a temporada seguinte – adivinhem? – ainda usando os motores Ford Cosworth V8. Aí já não era meramente um problema financeiro. Era pura teimosia do velho Ken, mesmo. Turrão como ele só, o dono da equipe desentendeu...

Vídeos históricos – Testes de pneus da Fórmula 1 (1985)

V

RIO DE JANEIRO – Do fantástico acervo dos irmãos Neri, o programa da Globo sobre os Testes de Pneus da Fórmula 1, antes do início do Campeonato Mundial de 1985. Além da saudade enorme de Jacarepaguá, fica uma constatação: incrível como a emissora se perdeu completamente com relação a um de seus produtos que recebiam esse tipo de tratamento noutros tempos. Hoje, além de matérias inócuas, os...

Discos eternos – Legião Urbana (1985)

D

RIO DE JANEIRO – O primeiro disco da Legião Urbana é um dos marcos do rock brasileiro em qualquer tempo. Das bandas da chamada “turma” de Brasília, foi a primeira a ter um trabalho gravado por uma das grandes do mercado fonográfico – ok… os Paralamas do Sucesso gravaram primeiro, mas nem Herbert Vianna e muito menos Bi Ribeiro podem ser considerados integrantes da...

In erinnerung an Bellof

I

RIO DE JANEIRO – Faz 29 anos que morreu Stefan Bellof, piloto em quem os alemães depositavam totais esperanças na conquista inédita de um Mundial de F1 por um representante daquele país desde a morte trágica de Wolfgang Von Trips, em 1961. O blog traz hoje o vídeo do documentário “Stefan Bellof – Das kurze leben eines rennfahrers, eine unvollendete karriere”, ou melhor...

Calça de veludo ou…

C

RIO DE JANEIRO – … bunda de fora. Não é o que diz o ditado? Pois bem… essa porção de bundas mais brancas do que a neve é do pessoal da Brabham em Adelaide, por ocasião do primeiro GP da Austrália em 1985. Era a corrida de despedida de Nelson Piquet após sete anos na escuderia e o brasileiro, emérito gozador, resolveu fazer essa traquinagem com os fotógrafos. O piloto, que...

Discos eternos – New Wave Mamão Com Açúcar (1985)

D

RIO DE JANEIRO – Longe vão os tempos de quem, como eu, já passou dos 40 e nos anos oitenta pôde aproveitar bem a juventude. No início daquela década, o rock explodia no Brasil em bom português e, claro, com os grupos internacionais graças ao Rock in Rio. Mas uma outra vertente fazia barulho e ganhava as pistas, ou melhor, as danceterias – que roubavam a vez das decadentes discothèques...

“Oh Girl…”

&

RIO DE JANEIRO – Pop-chiclete que tocou muito nos meus tempos de adolescente aqui no Brasil, lá por 1985/86. Culpa do dueto Boy Meets Girl, protagonizado por George Merrill e Shannon Rubicam, que lançou apenas quatro discos. “Oh Girl”, a faixa-título do primeiro disco homônimo do duo, saiu-se bem nas paradas estadunidenses. Foi número #39 do top 100 da Billboard em 1985. Mas com...

Direto do túnel do tempo (126)

D

RIO DE JANEIRO – O moço da foto se envolveu em 39 acidentes em corrida ao longo de 208 GPs que disputou na Fórmula 1 entre 1980 e 1994. Recebeu dos fãs a alcunha de “mito dos acidentes”. Andrea de Cesaris, ou “de Crasheris”, para os mais chegados, conseguiu a façanha de detonar 22 chassis da McLaren entre treinos e corridas no ano de 1981. Esse instantâneo registra o...

Discos eternos – O concreto já rachou (1985)

D

RIO DE JANEIRO – Formada por Philippe Seabra, Jander “Ameba” Bilaphra, André Müller (André X) e Gutje Wortmann, a Plebe Rude teve fortíssima influência de bandas punk como Clash, Sex Pistols e Public Image Limited e também do Madness, grupo de ska/new-wave da década de 80. Eram cultuados no Planalto Central e tidos e havidos por todo mundo da chamada “turma” como a melhor banda de Brasília...

Saudosas pequenas – Minardi, parte II

S

RIO DE JANEIRO – Dia 5 de abril de 1985. Quando a pista de Jacarepaguá foi aberta para o primeiro treino livre do Mundial daquele ano, o sonho de Giancarlo Minardi se materializava. E certamente veio à sua memória o que aconteceu em 76, quando colocou uma Ferrari 312T em duas provas extracampeonato, para Giancarlo Martini guiar. Giancarlo que estava ali representado no GP do Brasil através...

Saudosas pequenas – Spirit, parte II (final)

S

RIO DE JANEIRO – Órfã da Honda quando esta se mudou de mala e cuia para a Williams, a Spirit não ficou a ver tantos navios assim. Os japoneses deram algum dinheiro para que a equipe pudesse prosseguir na Fórmula 1. E olha que na pré-temporada de 1984, John Wickham quase deu um golpe de mestre: nos testes de pneus que se realizavam em Jacarepaguá (que saudade daqueles tempos…), seu...

Saudosas pequenas – RAM, parte IV (final)

S

RIO DE JANEIRO – A RAM deixou para trás as dificuldades enfrentadas na temporada de 1983 e se preparou para encarar o Mundial de Fórmula 1 em 1984 com fôlego novo. John MacDonald conseguiu patrocínio para alinhar dois carros e, pela primeira vez, seus bólidos teriam motor turbo: o Hart 415T idêntico ao de Toleman e Spirit. Os dois RAM 02 pintados de verde e branco com o apoio da Skoal...

Direto do túnel do tempo (45)

D

RIO DE JANEIRO – O blog traz hoje um vídeo que mostra o quanto Elio de Angelis tinha finesse dentro e fora das pistas. O talentoso e regular piloto italiano era um craque ao piano. O “príncipe negro” chegou a compor algumas músicas e uma delas foi executada pelo então representante da Lotus numa festa da Fórmula 1 transmitida pelo canal alemão de TV ZDF, em 1985. Há 28 anos...

Discos eternos – Brothers In Arms (1985)

D

RIO DE JANEIRO – O quinto álbum de estúdio dos Dire Straits tem seu lugar marcado na história da música mundial. Em 1985, beneficiados por serem contratados da Vertigo, um selo da PolyGram holandesa (hoje Universal Music), tiveram seu trabalho lançado não só em vinil e em fita cassete, mas também na grande novidade tecnológica daqueles tempos: o Compact Disc (CD), através de um processo...

Saudosas pequenas – Zakspeed, parte I

S

RIO DE JANEIRO – Em mais de 60 anos de história, a Fórmula 1 viu vários casos de equipes de fábrica que detinham tecnologia para construir seus próprios chassis e motores. Na década de 80, um obstinado alemão fez história entrando como construtor independente, fazendo seus chassis de ponta a ponta, exceto câmbio, freios, rodas e pneus. Todo o resto foi obra e graça de Erich Zakowski, o...

Saudosas pequenas – Toleman, parte III (final)

S

RIO DE JANEIRO – Após uma boa temporada em 1984 com Ayrton Senna conquistando três pódios para a escuderia britânica, a Toleman se viu entre a cruz e a caldeirinha para o Mundial de Fórmula 1 em 1985. A Michelin, com quem a equipe tinha contrato, caiu fora da categoria e a Goodyear avisou que daria preferência às suas clientes, além de Renault e McLaren. Restava a Pirelli – mas os...

Pequenas maravilhas – Arrows em dose quádrupla

P

RIO DE JANEIRO – A série Saudosas Pequenas, que vem falando de times nanicos e clássicos da Fórmula 1, rendeu frutos também na seção Pequenas maravilhas. O xará Rodrigo Peixoto resolveu compartilhar quatro preciosidades de sua coleção. Quatro miniaturas de modelos Arrows já mostrados aqui no blog em sua história. Pela ordem, vocês vêm aqui o modelo A2 guiado por Jochen Mass e Ricardo...

Saudosas pequenas – Arrows, parte V

S

RIO DE JANEIRO – O primeiro ano como equipe cliente da BMW foi um tanto quanto complicado para a Arrows, mas o time foi à luta para a temporada de 1985. O jovem Gerhard Berger, então com 25 anos, foi confirmado como piloto titular para aquela temporada, no lugar de Marc Surer, que preferiu voltar para os Ralis. Thierry Boutsen foi mantido a bordo do segundo carro. Dave Wass fez o novo...

Direto do túnel do tempo (20)

D

RIO DE JANEIRO – Dois velhos conhecidos dos tempos da Brabham em 1982 e 1983, se estranharam durante a disputa do GP de Mônaco de 1985, no dia do 14º aniversário deste blogueiro. Riccardo Patrese e Nelson Piquet vinham, respectivamente, na nona e décima posições, na altura da 17ª volta, quando o brasileiro – no afã de superar o piloto da Alfa Romeo – bateu com ele na entrada da...

Saudosas pequenas – Osella, parte IV

S

RIO DE JANEIRO – Após uma temporada acima da média da Osella, como foi a de 1984, esperava-se no mínimo algo semelhante para o campeonato seguinte. Mas, com os pés no chão e muito pouco dinheiro no orçamento, o construtor optou por seguir com um carro apenas para o campeonato de 1985. Pier Carlo Ghinzani continuou colaborando com a equipe e o motor Alfa Romeo V-8 Turbo, beberrão como nunca...

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames