6h de Fuji: Porsche e Audi dividem melhores tempos da sexta

6
2015-6-Heures-de-Fuji-Adrenal-Media-ND5-9476_hd
Em busca da quarta vitória consecutiva no WEC, a Porsche liderou a sexta-feira com Brendon Hartley marcando a melhor volta no #17 (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

RIO DE JANEIRO – A sexta-feira de treinos livres das 6h de Fuji, 6ª etapa do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC), foi dominada – como era de se esperar – pelos construtores alemães. Audi e Porsche foram as mais velozes do dia, com tempos muito próximos: os quatrargólicos de Ingolstadt riram por último ao fim do FP1 e o cavalinho empinado de Stuttgart sobressaiu-se no FP2 – inclusive com o melhor tempo do dia.

O neozelandês Brendon Hartley, com o Porsche 919 Hybrid #17 que vem de duas vitórias consecutivas em Nürburgring e no COTA, foi o responsável pela volta mais rápida – 1’24″460, apenas 0″037 abaixo do tempo de Andre Lotterer, autor da melhor passagem na primeira sessão livre. Neel Jani foi o 3º mais veloz do dia – único além dos dois primeiros a virar abaixo de 1’25”, com o brasileiro Lucas Di Grassi se destacando ao ser o quarto colocado e o mais veloz da trinca do Audi R18 e-tron quattro #8. O tempo dele foi 1’25″142 – mais de um segundo à frente do melhor Toyota, com Sébastien Buemi a bordo.

Entre os LMP1 não-híbridos, Nicolas Prost estabeleceu o melhor tempo – 1’29″941, quase um segundo melhor que o ByKolles CLM P1/01 de Pierre Kaffer e que o outro Rebellion R-One conduzido pelo helvético Alexandre Imperatori.

2015-6-Heures-de-Fuji-Adrenal-Media-ND5-9466_hd
Com Sam Bird a bordo, o Ligier JS P2 Nissan da G-Drive Racing foi o melhor entre os LMP2 nos primeiros treinos livres (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

A LMP2 teve Sam Bird como o piloto mais veloz a bordo do Ligier JS P2 Nissan #26 da G-Drive Racing. O britânico rodou em 1’32″131, mais de meio segundo à frente do francês Nelson Panciatici, da Signatech-Alpine. Gustavo Yacamán, no outro Ligier do time chefiado por Philippe Dumas, estabeleceu a terceira melhor marca do dia.

Aprendendo o traçado de Fuji, Pipo Derani foi bem: virou um tempo bastante próximo do 4º colocado da categoria, que foi o vencedor das 24h de Le Mans Nick Tandy, no Oreca da KCMG. O brasileiro está confiante em alcançar um bom resultado que possa manter ele e seus companheiros na luta pelo título entre os pilotos da categoria.

“Foi um dia positivo. Foi bacana para conhecer a pista, que é muito legal. O Gustavo e o Ricardo (González) já tinham andado no traçado, então pra mim foi um dia de adaptação. Mas estamos bem e super motivados. O carro está bom, comparando com os nossos adversários, então isso traz uma confiança extra pra toda a equipe”, afirmou o piloto, que na próxima segunda-feira completa 22 anos de idade.

Toni Vilander foi o piloto mais rápido da sexta-feira entre os LMGTE-PRO. O finlandês da AF Corse marcou 1’39″922, apenas nove milésimos melhor que o francês Fred Makowiecki, da equipe oficial da Porsche. Davide Rigon, na outra Ferrari do time italiano, assim como os dois mais rápidos de cada um desses carros, virou também abaixo de 1’40”. O melhor Aston Martin ficou em quarto, com o dinamarquês Marco Sørensen.

Alex MacDowall foi desta vez o mais rápido do #99, que tem a bordo o brasileiro Fernando Rees – cuja melhor volta nas duas sessões livres foi em 1’40″684. À exceção de Stefan Mücke, desta vez escalado para dividir um carro justamente com Rees e MacDowall, todos os pilotos da divisão viraram tempos dentro do mesmo segundo do mais rápido da divisão.

2015-6-Heures-de-Fuji-Adrenal-Media-ND5-9283_hd
O melhor tempo da LMGTE-AM foi do italiano Paolo Ruberti, num Corvette C7-R beneficiado com uma “dieta” de 20 kg no peso mínimo regulamentar (Foto: Nick Dungan/AdrenalMedia.com)

Na LMGTE-AM, Paolo Ruberti tirou proveito dos 20 kg a menos que o boletim de equalização determinou para o Corvette C7-R da Larbre Competition e foi o mais rápido da sexta-feira: 1’40″659 para o italiano, contra 1’40″691 do compatriota e líder do campeonato Andrea Bertolini, segundo melhor com a Ferrari da SMP Racing. Stuart Hall foi o terceiro mais rápido num dos Aston Martin oficiais de fábrica, seguido por Pedro Lamy, Patrick Long, Emmanuel Collard e Christian Ried, fechando a raia da sexta-feira.

Hoje à noite, a partir de 21h50 de Brasília, será disputado o 3º treino livre. A qualificação que define o grid para as 6h de Fuji começa a partir de 1h40 da madrugada, tambem pelo horário de Brasília.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames